Cerveja Daura Damn Marzen

Cerveja Daura Damn Marzen

Em 2014, a cervejaria espanhola Damn, que produz a Daura Damn, lançou a Daura Marzen: a primeira cerveja sem glúten duplamente maltada. Além de possuir um sabor mais forte e intenso, a Daura Marzen também é consideravelmente mais alcoólica, com 7,2 de gradação alcoólica. Aguardamos ansiosamente a chegada dela no Brasil!

Sete cervejas espanholas sem glúten

Planejando viagem para Espanha? Confira as sete melhores cervejas sem glúten espanholas em: http://theobjective.com/further/siete-cervezas-sin-gluten/

Cerveja de Lentilha?

Cerveja de Lentilha?

Cerveja de Lentilha?  Por mais estranho que pareça, a novidade está fazendo sucesso no seu país de origem, o Canadá. Acesse e descubra mais: http://www.lentilbeer.com/about-lentil-cream-ale.html

Desenvolvida espécie de cevada naturalmente sem glúten

Pesquisadores australianos desenvolveram, a partir de métodos de fertilização cruzada, a primeira espécie de cevada naturalmente sem glúten (chamada de Kebari). E melhor que isso: a cervejaria alemã Radeberger já produziu a primeira cerveja feita de cevada e totalmente sem glúten! Veja em: https://grdc.com.au/resources-and-publications/groundcover/groundcover-issue-128-may-june-2017/new-barley-taps-7billion-glutenfree-market

 

Grão africano é utilizado para produzir cerveja totalmente sem glúten

Os amantes de cerveja sem glúten tem um bom motivo para comemorar: pesquisadores descobriram que um pequeno cereal nativo da Etiópia (que naturalmente não contém glúten), chamado Witkoff, é uma matéria prima extremamente promissora para fazer cervejas de alta qualidade! Veja em: http://www.dailypioneer.com/health-and-fitness/cheers-researchers-find-way-to-make-gluten-free-beer.htm

 

Nova Hamburgueria Gluten Free em Brasília

Mora em Brasília ou está indo para lá? A cidade acabou de receber uma nova hamburgueria para o público com restrições alimentares: a Há Hamburgueria, na Quadra 301 do Sudoeste. A hamburgueria oferece produtos sem glúten, sem leite, sem ovos e sem soja, além, claro, de uma cerveja sem glúten bem gelada. Vale a pena conferir! Saiba mais em: http://www.metropoles.com/gastronomia/comer/brasilia-ganha-hamburgueria-para-pessoas-com-restricoes-alimentares

Oktoberfest de Blumenau garante Glutenfrei Haus (Casa Sem Glúten)!

Este ano, todos poderão aproveitar a 37ª Oktoberfest de Blumenau/SC, inclusive aqueles que não consomem glúten! A Glutenfrei Haus (Casa Glúten Free), novidade da edição deste ano, oferecerá alimentos e bebidas sem glúten, inclusive nossa querida cerveja. Veja mais sobre este evento que ocorrerá nos dias 04 a 22 de outubro, acessando: http://www.paraibatotal.com.br/noticias/2017/06/13/53190-37-oktoberfest-de-blumenau-contara-com-duas-novidades-gastronomicas

Desafios de uma celíaca na China

Desafios de uma celíaca na China

Viver sem glúten já é um desafio. Comunicar-se, especialmente quando se vai comer fora, para garantir uma alimentação segura, é ainda mais difícil. Imagine todos esses desafios morando em um lugar naturalmente desafiador: a China! Conheça a história da Mariana, brasileira celíaca que atualmente vive na China, em : https://chinanaminhavida.com/2017/06/14/um-celiaco-na-china-como-viver-sem-gluten-no-pais-do-meio/

As seis melhores cervejas sem glúten do mundo

Para aqueles que não podem ou optarão por não consumir  glúten (uma proteína encontrada nos cereais de trigo, centeio e cevada) como parte de suas dietas, e gostam de tomar uma boa cerveja, essa é uma  boa notícia. E, se você quer uma lager refrescante para um dia de verão ou uma Porter clássica amarga para aquecer o frio,  agora existem uma variedade crescente de estilos de cervejas sem glúten.

Para se qualificar como "sem glúten" um produto deve ter 20 partes por milhão de glúten ou menos. E há uma série de maneiras que diferentes cervejeiros podem conseguir isso.

As cervejas podem ser fabricadas sem glúten através da utilização de ingredientes com baixo teor de glúten e por processos usando altas temperaturas. Ou ainda podem ser feitas de forma normal com a remoção do glúten por processos químicos.

Independentemente do método, queremos cervejas que ofereça um caráter completo do estilo de cerveja que elas pertençam, com um sabor completo e equilibrado. Pois a remoção de glúten não deve comprometer o sabor.
Assim, listaram as cinco melhores cervejas sem glúten  eleitas pelo site Independent. Veja em http://www.momentodacerveja.com/2017/05/as-cinco-melhores-cervejas-sem-gluten.html

Uma Le Manjue, nova cerveja orgânica e sem glúten!

O renomado restaurante Le Manjue, que tem como sócios o ator Bruno Gagliasso e o Chef Renato Caleffi, lançou na última quinta-feira 25/05 seu mais novo produto: a cerveja Uma Le Manjue.

O Le Manjue é conhecido por ser o Primeiro Restaurante Orgânico e funcional do Brasil, e também o primeiro a ter sua própria horta orgânica. Seu chef é referência em gastronomia funcional e sustentável.  Inaugurado em 2008, sempre focou em opções para todos os gostos em seu menu, que vão desde carnes, aves e frutos do mar e sobremesas, como o famoso ganache de cacau sem açúcar, lactose e glúten.

A CERVEJA

A Uma Le Manjue é uma ALE com ingredientes orgânicos (característica do restaurante), descrita como “cerveja livre, artesanal, sem glúten e com um toque de capim-limão”.

Estamos curiosos para experimentar!

 

Fonte: http://www.maisumgole.com.br/cervejas/uma-le-manjue-nova-cerveja-organica-e-sem-gluten/

Cerveja sem glúten e de baixas calorias

A Omission Brewing CO., uma das principais cervejarias sem glúten dos Estados Unidos, lançou mais uma novidade: uma das primeiras cervejas light sem glúten do mundo. Veja em: http://www.diariouno.com.ar/a-fondo/la-cerveza-que-todos-estabamos-esperando-libre-gluten-y-baja-carbohidratos-20170518-n1398958.html

Cervejas sem Glúten: confira a lista de cervejas disponíveis no Brasil

Sejam produzidas com cereais sem glúten ou por processos especiais de quebra das proteínas, as cervejas sem glúten estão começando a invadir o mercado brasileiro. A tendência demorou para chegar: cervejarias como a Dogfish Head e Stone Brewing já possuem há anos opções em suas linhas para os celíacos ou para aqueles que optaram por uma alimentação saudável.

Entre importados e nacionais há uma série de rótulos disponíveis no mercado. Há um tempo recebemos os exemplares da Fred Bier, primeira cerveja produzida no estado do Rio de Janeiro (ela é feita em Areal), mas esse não é o primeiro rótulo brasileiro sem glúten. A Lake Side leva esse título e outros mais brilhantes: é medalhista em categorias clássicas concorrendo com diversas outras cervejas produzidas de modo convencional, mostrando que ter ou não glúten não afeta o sabor, nem a qualidade dos produtos.

Veja toda a reportagem em: http://www.mariacevada.com.br/2017/05/cervejas-sem-gluten-brasileiras-lista.html

Krug Bier apresenta sua cerveja sem glúten: Submissão

Sétima cerveja da linha Expressionista tem lançamento marcado para o dia 23 de maio e faz parte das ações de aniversário dos 20 anos da marca.

Na próxima terça-feira, 23, a mineira Krug Bier lançará sua Submissão, sétimo rótulo da linha Expressionista, desenvolvida pelo mestre-cervejeiro Alfredo Ferreira. A cerveja é descrita como uma Session IPA com tamarindo (adicionado por suas propriedades terapêuticas e acidez), leve, com baixo teor alcoólico (3,9%), baixo conteúdo energético, aromática e com alto drinkability. O destaque é que trata-se de uma cerveja sem glúten, novidade no mercado cervejeiro, possibilitando que seja apreciada também por celíacos.

 

“As cervejas Session eram muito comuns na Europa, na época em que a água estava contaminada (não se conheciam os microorganismos) e as pessoas passaram a evitar tomar água. No trabalho, porém, as pessoas tinham que se hidratar, mas não podiam ficar bêbadas. A solução era fabricar cerveja de baixo teor alcoólico. O nome ‘session’ vem de sessões, onde os trabalhadores paravam de trabalhar e iam se hidratar. A Submissão é, então, uma cerveja de baixo teor alcoólico e, consequentemente, baixo conteúdo calórico”, comenta Alfredo.

A Submissão chega para fazer companhia às já lançadas Calúnia (American Pale Ale), Inocência (Tripel), Remorso (Russian Imperial Stout), Sarcasmo (ESB), Rancor (IPA) e Pretensão (Specialty Wood Age). Cada uma com características bem marcantes e personalidade forte. Sob este aspecto, a personalidade da Submissão é descrita pela marca como “alguém que não se preocupa com nada a não ser em manter-se dentro de dietas e ser admirada pelos outros. Seu prazer depende do que os outros pensam dela”. A novidade será apresentada oficialmente na próxima terça-feira, na Krug Bier.

Fonte: http://revistadacerveja.com.br/krug-bier-apresenta-sua-submissao/

 

Stone Brewing sem glúten desembarca no Brasil!

Depois de cinco importações da cervejaria norte-americana Stone Brewing para o Brasil, três delas exclusivas para o Mondial de La Biere Rio e duas com apenas barris de chope (todas por avião), chega oficialmente em janeiro o primeiro embarque de navio com garrafas e chopes da cervejaria, via importadora Buena Beer.

“Agora teremos Stone Brewing durante todo o ano no Brasil, ou seja, importações contínuas por navio, com cadeia totalmente refrigerada”, afirmou Helio Jr, da Buena Beer.

Neste primeiro embarque, uma grande variedade de garrafas e chopes estão chegando, entre elas as famosas IPAArrogant BastardVertical EpicRuination 2.0, entre outras.

A Stone Delicious IPA, cerveja reduzida de glúten, é uma das delícias que está aterrissando por aqui. Destaque para 2 lúpulos bem cítricosEl Dorado e Lemondrop! Essa intensa e deliciosa IPA possui notas bem presentes de limão siciliano tanto no aroma como no paladar. Essa é a primeira cerveja “gluten reduced” da cervejaria.
 

Nome da Cerveja: Stone Delicious IPA
Estilo: India Pale Ale (IPA)
ABV: 7,7%
IBU: 80
Rate Beer: 95
Formato: Garrafa (355ml) e chope

Fonte: http://www.homemcerveja.com.br/stone-brewing-desembarca-no-brasil/

Cerveja sem glúten chilena feita 100% a base de Quinoa

Qui, da cervejaria chilena Trawun, é a primeira do mundo 100% feita à base de quinoa. Assim, além de ser completamente sem glúten, possui muito menos calorias do que as cervejas normais: somente 13 kcal por garrafa. Ainda com baixo alcance nacional, a cervejaria alcança 20 cidades e 100 clientes, entre pubs, restaurantes, hotéis e bares. Atualmente, a fundadora está buscando um sócio investidor para aumentar a capacidade produtiva e as ações de marketing da Cerveja Qui. Veja mais em: http://www.economiaynegocios.cl/noticias/noticias.asp?id=366873

Cervejas sem glúten estão cada vez melhores

Confira a análise de Daniel Wolff, sommelier de cervejas e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com  

Em maio (16), comemora-se o Dia Internacional do Celíaco, data instituída para sensibilizar e informar o público sobre a intolerância radical ao glúten.

Para atender a demanda de pessoas que precisam manter uma dieta restritiva, os mercados, não só o de comidas, mas também o de bebidas, tiveram que se adaptar.

E no caso do segmento de cervejas, houve uma evolução significativa nos últimos anos, tanto em termos de opções quanto na qualidade do produto.

Hoje, temos no mercado excelentes rótulos, alguns que, inclusive, já ganharam medalhas em importantes campeonatos, competindo na mesma categoria de cervejas que não são isentas da proteína.

“Temos diversas opções de cervejas sem glúten, hoje, no Brasil, mas elas ainda são pouco conhecidas e quase nada divulgadas.

Muita coisa mudou no gosto delas, ainda mais se compararmos com a qualidade das opções que temos hoje”, afirma Daniel Wolff, sommelier de cervejas e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com.

 

Confira a sua evolução das cervejas sem glúten.

 

(Análise feita por Daniel Wolff, sommelier de cervejas e diretor da rede Mestre-Cervejeiro.com)

Descobrindo as Cervejas sem Glúten.

A primeira linha que provei foi a inglesa Greens. Os estilos eram tradicionais como Dubbel, Belgian Pale Ale, Bitter, entre outros. Mas ficavam longe da proposta dos estilos e não eram muito agradáveis para beber. Me lembro que isso foi em meados de 2010. (Depois não provei mais as cervejas da Greens. Caso alguém tenha provado recentemente e se ela mudou, conte o que achou, ok?).

Com o tempo surgiram outras marcas e os processos de fabricação foram evoluindo. Cervejas como a espanhola Estrella Damm Daura e a tcheca Celia chegaram por aqui. As duas do estilo Pilsen e bem agradáveis para beber. Principalmente a Celia, que lembrava uma autêntica Bohemian Pilsner.

 

Na época degustei as duas lado a lado, você pode assistir aqui: Cervejas sem Glúten – Episódio 45.

Já no ano passado conheci as canadenses da Glutenberg, que são fantásticas. A Glutenberg American Pale Ale tem medalha de prata na categoria Cerveja sem Glúten no World Beer Cup e a Glutenberg Rousse (Red Ale) medalha de ouro. Gostei muito da Glutengberg India Pale Ale.

Cerveja Sem Glúten, Destaque no Festival de Blumenau em 2016

 

Vejo que a consagração das cervejas sem glúten aqui no Brasil veio durante o Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau de 2016, onde a marca Lake Side levou medalha de ouro na categoria Belgian Lambic.

 

Categoria que, vale lembrar, não é específica de cerveja sem glúten, trata-se de uma categoria “normal” e uma das mais difíceis. Tanto que não houveram outras premiações nesta categoria, somente o ouro pra Lake Side.

 

A Lake Side é uma marca de Curitiba e exclusiva de cervejas sem glúten. Produzida na cervejaria Farrapos de Passo Fundo (RS), foi a primeira cerveja sem glúten feita no Brasil. Os métodos de produção foram desenvolvidos e patenteados pelo cervejeiro Paulo Veit.

 

A linha é completa, indo de cervejas claras e leves como a Lake Side Lager, passando por colaborativas e saborosas como a Lake Side APA, feita com em conjunto com Way e a Lake Side Crazy, feita em conjunto com a F#%*ing Beer. Também têm algumas bem criativas como a Lake Side Tartufi Lager, feita com laranja e trufas brancas em parceria com a Tartuferia San Paolo.

Cervejas sem Glúten para Todos

Pois é, cerveja sem glúten não é mais aquela cerveja sem gosto ou que não tem gosto de cerveja. Pelo contrário, agora há inúmeras opções de excelente qualidade. E também não ficam mais restritas àqueles que são intolerantes ao consumo de glúten, como os celíacos, ou ainda para aqueles que fazem dieta de alimentos sem glúten. Elas podem e devem ser apreciadas por todos.

 

Fonte: http://www.culturaalternativa.com.br/geral/outross/item/12321-dia-internacional-do-celiaco-cervejas-sem-gluten-estao-cada-vez-melhores

Cerveja a base de húmus? Mais uma invenção do mundo das cervejas sem glúten...

Mais uma inovação no mundo das cervejas sem glúten: em Israel, a cervejaria Meadan desenvolveu a primeira cerveja sem glúten feita de húmus, alimento típico da região. Com o lema “gluten intolerance is the only intolerance we tolerate” (intolerância ao gluten é a única intolerancia que toleramos), a cervejaria mostra que, além de inovadora, é politicamente esclarecida. Veja mais em: http://blogs.20minutos.es/la-gulateca/2015/10/23/la-cerveza-sin-gluten-a-base-de-hummus/

Cidra Cornish Heritage Cider 330

Produzida com precisão e esmero a partir de um blend de maçãs de “cider” inglesas e outras variedades tradicionais, a qualidade da Cornish Orchards Heritage Cider foi reconhecida e premiada no International Cider Awards 2015. Com seu blend único e complexo, apresenta coloração dourada e aroma intenso de maçãs maduras. Na boca, é agridoce e refrescante. Com 5% de teor alcoólico, combina com carne de porco e queijos intensos.

Tipo: Cidra
Região: Reino Unido
Produtor: Cornish Orchards
Gradação Alcoólica: 5.0%
Harmonização: Carne de porco e queijos intensos
Prêmio/Avaliação: International Cider Awards 2015

Heineken Espanha lança sua primeira cerveja sem glúten

Uma das primeiras grandes cervejarias do mundo a se preocupar com a produção de uma cerveja sem glúten, a Heineken, a partir de sua fábrica em Jaen, na Espanha, lançou a cerveja Cruzcampo Sem Glúten. A tradicional linha de cervejas Cruzcampo  foi comprada pela Heineken, que agora busca atingir o crescente mercado de produtos sem glúten na Europa. Veja mais em: https://www.alimarket.es/noticia/237016/heineken-espana-lanza-su-primera-cerveza-sin-gluten

Cerveja Capitu: deliciosamente apaixonante

A Cervejaria Capitu produz diversos sabores e tipos de cerveja. Pessoas próximas, amigos e parentes amantes da cerveja artesanal sempre nos pediam para desenvolvermos uma cerveja sem glúten que fosse saborosa como nossas cervejas tradicionais.

Minha mãe era uma delas. Acostumada a acompanhar as nossas criações, de uns tempos para cá se descobriu sensível ao glúten, cuja ingestão piora em muito o seu quadro de artrite reumatóide. Com esse fato novo, ela não podia mais acompanhar nossas criações. Outras pessoas também nos traziam essa demanda. São pessoas curtem produtos diferenciados mas têm que conviver com a realidade de não encontrarem muitas opções  Sem Glúten, e frequentemente os alimentos disponíveis são carentes de sabores e qualidade.

Enquanto algumas pessoas já manifestavam o desejo de tomar uma Capitu sem glúten, apareceu a Elen Nogueira Lima na nossa vida. Enquanto profissional desenvolvedora de produtos saudáveis e sem glúten na empresa Better Food For You, ela acompanhava de perto a cena da cerveja artesanal se desenrolando, e por algumas coincidências do destino, veio bater à nossa porta com proposta de parceria para desenvolver uma de nossas cervejas sem glúten.

Junto com Marcelo Holl Cury, sócio da Cerveja Capitu, fomos nos debruçando mais intensamente sobre o assunto, aceitamos o desafio que nos era proposto, e começamos a projetar nossa cerveja.

Foi com a presença dela que começamos a nos mover e pesquisar juntos a tecnologia para uma cerveja sem glúten e segura para celíacos. Com todo o rigor alimentar de uma celíaca, pesquisadora, toda a experiência e busca por cervejas com muito sabor e qualidade nutricional da Capitu, nascia o projeto de fazer a nossa cerveja estar disponível para mais pessoas, estender a todos o universo saboroso da cerveja artesanal.

Foram mais de dois anos de pesquisas, com vários lotes produzidos antes de colocarmos a cerveja no mercado, buscando qualidade nutricional, sabores e segurança glúten free.

Fonte: http://saborsemlimite.com.br/provamos-a-cerveja-sem-gluten-capitu-diadorim/

As 10 melhores cervejas sem glúten do Reino Unido

Planejando uma viagem ao Reino Unido ou interessado no que os súditos da Rainha andam bebendo, confira as 10 melhores cervejas sem glúten do Reino Unido conforme o jornal inglês “The Independent”. Acesse: http://www.independent.co.uk/extras/indybest/food-drink/beer-cider-perry/best-gluten-free-beers-uk-where-to-buy-peroni-estrella-a7552981.html

Cervejaria Farrapos: casa original da primeira cerveja sem glúten do Brasil

A Cervejaria Farrapos é o exemplo de cervejaria que os intolerantes ao glúten e amantes de cerveja torcem para que cresça e para que expanda seus estilos produzidos. Empresa responsável e consciente em relação à doença celíaca, a cervejaria possui rigorosos métodos de controle em suas linhas de produção. A Farrapos foi a primeira cervejaria artesanal de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Localizada no Complexo Turístico da Roselândia, tem 500m² e está em funcionamento desde abril de 2011. A Cervejaria Farrapos tem capacidade para produzir 30 mil litros de cerveja artesanal por mês e se dedica a desenvolver um produto único e de altíssima qualidade. A Lake Side Beer, primeira cerveja sem glúten brasileira, foi produzida na Cervejaria Farrapos até 2016. Em princípio de 2017, a empresa lançou sua própria linha de cervejas sem glúten, a Farrapos, mantendo o mesmo sabor, qualidade e segurança de antes. Vale a pena experimentar.  

Espanha Sem Glúten: os melhores lugares para comer e beber sem se preocupar

Quer viajar e está preocupado com as restrições da dieta sem glúten? A Espanha é um dos países mais gluten free friendly da Europa, com incontáveis opções de restaurantes sem glúten em cidades das mais diversas regiões. De Madri a Sevilha, de Barcelona a Cádiz, a Espanha é repleta de alternativas deliciosas, seja para um jantar completo ou somente para aquele lanchinho da tarde.

Confira as dicas no site abaixo: http://www.lne.es/sociedad/2017/04/25/asturias-destino-perfecto-puente-mayo/2094287.html

God Save the Queen: juntando cerveja e rock em uma Pale Ale Gluten Free

Em uma clara homenagem ao aclamado grupo de punk rock inglês, Sex Pistols, a Cervejaria Kud produziu a primeira cerveja sem glúten artesanal de Minas Gerais. Uma deliciosa Pale Ale com presença de lúpulo na medida é o que espera você ao experimentar a “God Save the Queen” sem glúten. Estava com saudade de uma verdadeira cerveja de estilo inglês? Acesse agora noglutenbeer.com.br  e peça já a sua!

Happy Hour sem glúten

Happy Hour sem glúten

Sabemos da dificuldade que é curtir um happy hour com os amigos com opções sem glúten seguras de petiscos e bebidas. Por isso, a No Freaking Gluten Beer preparou para você kits especiais com as melhores cervejas e snacks salgados para você curtir com tranquilidade esse momento tão prazeroso. Confira no nosso site!

Novas pesquisas sobre cerveja sem glúten na Argentina

Universidades da Argentina parecem estar em uma competição para a produção de cervejas completamente livres de glúten. Em 2015, foi uma universidade de Rosário que desenvolveu uma cerveja completamente sem glúten produzida com sorgo. Já este ano, técnicos do Instituto Nacional de Tecnologia Agrícola (INTA) e duas universidades da província argentina de Entre Rios tem avançado em pesquisas para a viabilização no mercado de uma nova cerveja feita de arroz e completamente sem glúten. Além de ser feita de arroz, a cerveja é produzida com processos biotecnológicos que reduzem não apenas o custo de produção como também a emissão de carbono.

Claudia Liberman, especialista do Programa de Melhoramento Genético de Arroz do Instituto, disse que a cerveja tem um sabor muito próximo à cerveja comum e a única grande diferença é a cor, que é ligeiramente mais clara devido à brancura do arroz. Liberman diz que o sabor pode ser modificado como qualquer outra cerveja.

A cerveja ainda não está à venda, mas recebeu diversos elogios em várias degustações.

Fonte: http://www.thebubble.com/gluten-free-beer-breakthrough-in-entre-rios/

God Save the Queen: a Pale Ale mineira de inspiração inglesa

De inspiração inglesa, a típica Pale Ale de corpo médio com presença de lúpulo moderada possui como principal característica é seu alto drinkability. A God Save the Queen, da cervejaria mineira Kud, é uma referência direta ao estilo Pale Ale, que é um dos estilos mais populares em terras inglesas.

Essa English Pale Ale reverencia o Sex Pistols, uma das mais famosas bandas da Inglatera e também uma das precursoras do punk rock inglês.

Detalhes:

Grad. Alc.: 5,3 %
Amargor: 20 IBU
Sugestões de harmonização: Carne assada, carpaccio, coelho, pizza calabresa e hambúrguer;
Copo ideal para consumo: Pint;
Temp. de serviço: Entre 5 a 7 oC 

As Glutenfree irlandesas

As Glutenfree irlandesas

9 White Deer da Cork lançou não uma cerveja, mas toda a gama de 5 diferentes estilos de cerveja que são certificados como sem glúten. Cada lote é testado independentemente para ter certeza de que os níveis de glúten estão abaixo de 20ppm. Para a maioria das pessoas com uma intolerância ao glúten ou doença celíaca, isso não causará sintomas ou desconforto no entanto, como com qualquer alergia, algumas pessoas podem ser mais sensíveis, então eu aconselharia cautela se você é conhecido por ser hipersensível.

O co-fundador Don deixou cair essas amostras para mim na outra semana. Don foi diagnosticado com uma intolerância ao glúten um ano após a cervejaria abriu e é por causa disso que a direção de fabricação de cerveja mudou para preparar cerveja sem glúten.

Eles usaram um pouco de magia de cortiça, também conhecido como Ciência para remover a maior parte do glúten em sua cevada. O resultado é 5 cevada com base cervejas que sabores como qualquer outra cerveja.

9 White Deer produziu a primeira cerveja livre de glúten na Irlanda em 2015 quando foi marcado simplesmente como Saor. Começou como uma ale pálida e mudou para uma cerveja de estilo Kolsch mais tarde, onde ganhou uma medalha de bronze no Irish Food Awards. A partir desta cerveja, toda a nova gama Stag Saor de cervejas sem glúten evoluiu. Atualmente, possuem cinco estilos: a Red Ale, Pale Ale, IPA, Stout e a Kolsch. 

 

Fonte: http://www.taleofale.com/2017/03/gluten-free-beer-from-ireland.html

Cornish Orchards Gold: uma cidra refrescante

A Cornish Orchards Gold Cider é uma “cider” 100% natural, produzida a partir do suco de maçãs prensadas, sem o uso de corantes, conservantes ou adoçantes. Naturalmente sem glúten, de coloração dourada, tem aroma de maçãs maduras e traz notas rústicas e de fazenda. Super refrescante, é perfeita para dias quentes.

Cervejaria Inglesa lança cerveja totalmente sem glúten produzida de Quinoa

A Cervejaria Autumn Brewing, de Durham, Reino Unido, lançou este ano suas mais novas cervejas naturalmente sem glúten, feitas com quinoa, trigo sarraceno e milho. Após dois anos de pesquisa, treinamento e teste em baixa escala usando diferentes combinações de grãos naturalmente sem glúten, a cervejaria criou a linha Alt Brew. Atualmente, possuem dois tipos de cerveja: a Alt Brew nº 1 Bavarian Style Pilsner e a Alt Brew Nº 2 English Pale Ale. As cervejas da  Autumn Brewing Co são certificadas como sem glúten através do símbolo celíaco Reino Unido do símbolo do grão cruzado e foram testadas independentemente por um laboratório do serviço de acreditação de Reino Unido. Atualmente, as cervejas só estão disponíveis no mercado inglês. Vamos trabalhar para que, em breve, elas também estejam no Brasil.

Fonte: http://www.freefromheaven.com/2017/03/brewery-launches-gluten-free-beer-made-quinoa/

 

Festival de Blumenau: As Premiadas Gluten Free

Realizado anualmente em Blumenau, Santa Catarina, o Festival Brasileiro da Cerveja cresce a cada ano e se consolida como o maior do ramo no país. Além do festival, que em 2017 contou com a presença de mais de 330 cervejarias, dois eventos ocorrem de forma paralela: a Feira Brasileira da Cerveja, voltada aos profissionais do setor com exposição de máquinas, insumos, novidades e serviços; e o Concurso Brasileiro de Cervejas, cujo objetivo é elevar e promover a qualidade da cerveja brasileira.

No ano de 2017, o concurso contou com a categoria de Cervejas Sem Glúten. A Capitu Diadorim levou o Ouro na categoria, enquanto a Cerveja Pilsen Germânia levou a Prata e a Tássila o Bronze. E, claro, as cervejas premiadas você encontra na No Freaking Gluten Beer para degusta-las no conforto de sua casa. 

As Novidades da Farrapos Sem Glúten

A cerveja sem glúten Farrapos Pilsen é elaborada pela Cervejaria Farrapos em Passo Fundo - RS onde até o início de 2017 eram produzidas as cervejas sem glúten Lake Side

A cerveja sem glúten Farrapos Pilsen é uma cerveja leve e refrescante produzida a partir de um processo mundialmente conhecido que retira o glúten da cerveja através da degradação por enzimas durante a fermentação.

A cerveja Farrapos Sem Glúten Pilsen possui paladar idêntico ao das cervejas Pilsen tradicionais, sendo uma cerveja de coloração dourada e amargor moderado.

A cerveja sem glúten Farrapos Pilsen é indicada para celíacos, sensíveis ao glúten e para quem procura manter a forma.
 

Tennents: a deliciosa escocesa sem glúten

A Tennent's 1885 Lager Gluten Free é uma Lager com 5,0% de álcool, elaborada com uma cuidadosa seleção de lúpulos alemães, a água pura do lago Katrine, das Highlands escocesas e malte 100% escocês, é dourada, muito bem equilibrada e super refrescante.

Esta cerveja escocesa foi testada no mercado italiano, inicialmente, devido a estratégia da empresa em identificar mais parceiros para a distribuição de produtos sem glúten. Após um grande sucesso comercial e de crítica, inclusive com medalhas internacionais em grandes festivais cervejeiros, esta cerveja foi lançada em 2015 no Reino Unido e Escócia. Lá, inclusive, a Tennents Gluten Free ganhou sua versão de barril em pubs e restaurantes. Agora você também pode apreciar esta deliciosa cerveja!

Nova Cevada Sem Glúten pode ser uma grande novidade para as cervejas sem glúten

A Cervejaria Bellfield, de Edimburgo, Escócia, foi fundada recentemente por dois celíacos e lançou suas duas primeiras cervejas sem glúten no mercado em março deste ano. Recentemente, a cervejaria foi licenciada pela Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Austrália (CSIRO) para testar em pequenas produções de cerveja uma nova espécie de cevada desenvolvida em laboratório. Após treze anos de cruzamento seletivo entre espécies de cevada, pesquisadores conseguiram desenvolver uma cevada que possui 10.000 vezes menos glúten do que as espécies normais. A aposta dos cervejeiros é que a nova cevada permita que seja produzida uma maior variedade de cervejas totalmente livre de glúten.

Veja mais em: https://www.thedrinksbusiness.com/2016/10/new-gluten-free-barley-trials-a-game-changer-for-beer/

Naturalmente Sem Glúten: as deliciosas cidras

A cidra, bebida alcoólica preparada com sumo fermentado de maça, é muito tradicional na Inglaterra (a maior produtora deste tipo de bebida no mundo).

Naturalmente sem glúten, é uma bebida reconhecidamente refrescante. Apesar de ser vendida durante o ano inteiro, parece que no verão a sidra fica mais gostosa, pois realmente ela tem a característica de ser thirst-quenching, ou seja, de matar a sede.

Chamada de cider, é uma bebida tradicional, originalmente produzida nas fazendas para ser bebida pelos agricultores durante a dura época da colheita. A demanda cresceu e a sidra começou a ser vendida nos pubs locais e depois também nas cidades.

A boa cider é produzida naturalmente com suco de maçã e não é pasteurizada nem carbonatada. As fábricas seguem métodos artesanais e a bebida é fermentada, durante um longo período de tempo, com o próprio açúcar da fruta.  Nada a ver com a sidra que encontramos nos supermercados brasileiros, uma espécie de champagne barata muito carbonatada.

Também na Inglaterra, hoje em dia, os pequenos produtores competem com as grandes marcas que produzem a bebida a partir de concentrado de maçã e com todo tipo de colorantes e adição de açúcar. Mas para tomar uma verdadeira cider, tente experimentar uma marca produzida na região do West Country, onde estão os condados de Somerset e Cornwall, ou em Herefordshire e Worcestershire.

Na No Freaking Gluten Beer você encontra duas grandes marcas do mundo das cidras: as inglesas Cornish Orchards e as irlandesas Magners. Deliciosas e refrescantes, são ótimas opções para o verão que está chegando!

Brunehaut: cerveja artesanal, sem glúten e orgânica

Na Bélgica, a Cervejaria Brunehaut desenvolveu uma série de cervejas sem glúten, produzidas com cevadas orgânicas cultivadas nas fazendas locais. Através de um método próprio e natural, eles conseguem remover o glúten durante a fermentação a menos de 5 ppms. Você encontra as deliciosas Brunehauts em quatro tipos: Wit Beer, Blond, Amber e Tripel.  

Capitu lança cerveja artesanal sem glúten e com mandioquinha

Apoveitando a chegada do verão, a Cerveja Capitu, em parceria com a Better Food for You, empresa especializada em alimentos saudáveis, lança sua primeira cerveja artesanal sem glúten. A Capitu Diadorim sem glúten é uma Belgian Saison desenvolvida para quem busca uma vida com mais harmonia sem abrir mão de vivenciar os sabores intensos de uma cerveja artesanal. 

Em meio aos caprichos de sua levedura belga, é uma cerveja com sabor intenso e notas frutadas. A receita leve e aromática possui como um de seus ingredientes principais a mandioquinha, naturalmente sem glúten, proporcionando à bebida um sabor sutil e aveludado e garantindo boa drinkability e muita refrescância. Seus sabores condimentados aparecem com o delicado e intenso sabor maltado. 

Nativa da América do Sul, e difundida por todo o Brasil, a mandioquinha é um alimento fonte de carboidratos naturais que, além de secar e suavizar o corpo da cerveja, também agrega alguns encantos, intensificando as notas "terrosas" frequentemente presentes em uma Saison. A mandioquinha, por ser constituída quase que inteiramente por carboidratos naturais fermentáveis, substitui com muita elegância o açúcar que tradicionalmente é incorporado pelos cervejeiros belgas em suas receitas, a fim de obter um final mais seco.

Pessoas próximas, amigos e parentes amantes da cerveja artesanal, pediam constantemente para que desenvolvêssemos uma cerveja sem glúten que fosse saborosa e que tivesse proximidade sensorial com a velha e boa cerveja tradicional”, explica Frederico Ming, sócio fundador da Cerveja Capitu. 

A cervejaria utiliza a mesma receita da sua clássica Diadorim, utilizando ingredientes tradicionais como malte de cevada, lúpulo e levedura, para produzir a receita sem glúten. A diferença está na técnica de quebra do glúten da cevada durante o processo cervejeiro, garantindo assim, que ela possa ser apreciada tanto pelos amantes da cerveja artesanal, quanto por aqueles que possuem alguma intolerância alimentar ou simplesmente optou por retirar a proteína da dieta. 

Fonte: http://www.allbeers.com.br/2016/09/cerveja-capitu-lanca-cerveja-artesanal.html

Cervejas sem glúten: cada vez melhores

A missão da No Freaking Gluten Beer é trazer as melhores cervejas sem glúten diretamente para você. E elas realmente estão cada vez melhores. A cada ano, mais opções surgem, e cada vez elas ficam mais saborosas, a ponto de conquistar inclusive apreciadores que não são celíacos.

A reportagem abaixo, publicada no site do Mestre Cervejeiro, fala um pouco do mundo das cervejas sem glúten a partir da visão de um grande apreciador de cervejas em geral.

 

Cervejas sem glúten: cada vez melhores

As cervejas sem glúten evoluíram. Deixaram de ser uma bebida sem gosto de cerveja, para cervejas de excelente qualidade. Algumas inclusive já ganharam medalhas em importantes competições mesmo em categoria de cervejas “normais”. Confira a sua evolução.

Temos diversas opções de cervejas sem glúten no Brasil, mas elas ainda são pouco conhecidas e pouco divulgadas.

Muita coisa mudou no gosto das cervejas sem glúten. Ainda mais comparando com a qualidade das opções que temos hoje.

Descobrindo as Cervejas sem Glúten

A primeira linha que provei foi a inglesa Greens. Os estilos eram tradicionais como Dubbel, Belgian Pale Ale, Bitter, entre outros. Mas ficavam longe da proposta dos estilos e não eram muito agradáveis para beber. Me lembro que isso foi em meados de 2010. (Depois não provei mais as cervejas da Greens. Caso alguém tenha provado recentemente e se ela mudou, conte o que achou, ok?)

Com o tempo surgiram outras marcas e os processos de fabricação foram evoluindo. Cervejas como a espanhola Estrella Damm Daura e a tcheca Celia chegaram por aqui. As duas do estilo Pilsen e bem agradáveis para beber. Principalmente a Celia, que lembrava uma autêntica Bohemian Pilsner.
Na época degustei as duas lado a lado, você pode assistir aqui:Cervejas sem Glúten – Episódio 45.

Já no ano passado conheci as canadenses da Glutenberg, que são fantásticas. A Glutenberg American Pale Ale tem medalha de prata na categoria Cerveja sem Glúten no World Beer Cup e a Glutenberg Rousse (Red Ale) medalha de ouro. Gostei muito da Glutengberg India Pale Ale.

Cerveja Sem Glúten, Destaque no Festival de Blumenau

Vejo que a consagração das cervejas sem glúten aqui no Brasil veio durante o Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau deste ano, onde a marca Lake Side levou medalha de ouro na categoria Belgian Lambic.
Categoria que, vale lembrar, não é específica de cerveja sem glúten, trata-se de uma categoria “normal” e uma das mais difíceis. Tanto que não houveram outras premiações nesta categoria, somente o ouro pra Lake Side.

A Lake Side é uma marca de Curitiba e exclusiva de cervejas sem glúten. Produzida na cervejaria Farrapos de Passo Fundo (RS), foi a primeira cerveja sem glúten feita no Brasil. Os métodos de produção foram desenvolvidos e patenteados pelo cervejeiro Paulo Veit.

A linha é completa, indo de cervejas claras e leves como a Lake Side Lager, passando por colaborativas e saborosas como a Lake Side APA, feita com em conjunto com Way e a Lake Side Crazy, feita em conjunto a F#%*ing Beer. Também têm algumas bem criativas como a Lake Side Tartufi Lager, feita com laranja e trufas brancas em parceria com a Tartuferia San Paolo.

Cervejas sem Glúten para Todos

Pois é, cerveja sem glúten não é mais aquela cerveja sem gosto ou que não tem gosto de cerveja. Pelo contrário, agora há inúmeras opções de excelente qualidade. E também não ficam mais restritas àqueles que são intolerantes ao consumo de glúten, como os celíacos, ou ainda para aqueles que fazem dieta de alimentos sem glúten. Elas podem e devem ser apreciadas por todos.

Fonte: http://www.mestre-cervejeiro.com/cervejas-sem-gluten-cada-vez-melhores/

Cidras feitas com diversidades de maçãs chega ao Brasil e na No Freaking Gluten Beer

Acaba de chegar ao Brasil as melhores cidras da Inglaterra. E claro, a No Freaking Gluten Beer não poderia deixar de trazer esta novidade a você!

A cidra, bebida alcoólica preparada com sumo fermentado de maça, é muito tradicional na Inglaterra (a maior produtora deste tipo de bebida no mundo). A Cornish Orchards cultiva maçãs desde 1992 e foi comprada recentemente pela Fullers uma das maiores cervejarias britânicas.

Cornish Orchards Gold é uma cidra 100% natural, produzida a partir do suco de maçãs prensadas, sem o uso de corantes, conservantes ou adoçantes. De coloração dourada, tem aroma de maçãs maduras e tem 4,5% de teor alcoólico. Garrafa de 330 ml.

Outra variedade é a Cornish Orchards Heritage produzida a partir de um blend de maçãs inglesas e outras variedades tradicionais com 5% de teor alcoólico. Garrafa de 330 ml.

Cornish Orchards Vintage 2014 é maturada durante os meses de inverno, o que lhe confere características vintage. O ano estampado no rótulo se refere ao ano de colheita das maçãs utilizadas na produção da cidra. Tem um teor alcoolico de 7,2%. Garrafas de 500 ml.

Blush Cider  utiliza maçãs de sobremesa e framboesas para sua produção. Tem uma coloração rosada e notas de maçã e frutas vermelhas. Tem 4% de teor alcoolico e vem em garrafa de 330 ml.

Aproveite e experimente estas delícias!

Don’t Freak Out, It’s Gluten Free!

Novidade Escocesa na No Freaking Gluten Beer

As cervejas da Tennent’s são fabricadas desde 1885 em Wellpark, Glasgow, na região produtora dos melhores whiskies, deixando a marca fortemente enraizada na tradição da Escócia. Atualmente, a Tennent’s é a cerveja mais vendida do país e um sinônimo de Escócia mundo afora.

Apesar da base de consumidores mais leais ficar na Escócia, foi na Itália que a Tennents decidiu fazer o lançamento da sua primeira cerveja sem glúten, dada o grande público de celíacos italianos, em 2014. No ano seguinte ao seu lançamento, a cerveja escocesa recebeu a Medalha de Ouro no World Beer Champioship nos Estados Unidos. Considerado um dos eventos mais importantes do mundo cervejeiro, a medalha catapultou a Tennent's 1885 Gluten Free no mercado mundial, e ela atualmente é exportada para mais de 26 países. Chegada no Brasil, agora você também pode experimentar esta renomada cerveja.

A Tennent's 1885 Lager Gluten Free é uma Pilsen com 5,0% de álcool, elaborada com uma cuidadosa seleção de lúpulos alemães, a água pura do lago Katrine, das Highlands escocesas e malte 100% escocês, é dourada, muito bem equilibrada e super refrescante. O processo de degradação do glúten a torna consumível para o público intolerante à proteína. 

A Dinamarquesa Sem Glúten que conquista admiradores

As cervejas da dinamarquesa To Øl (a pronúncia correta é túl, que significa “duas cervejas”) vem conquistando cada vez mais admiradores no Brasil. Se estiver perdido diante de rótulos desconhecidos, ela se apresenta como uma escolha quase sempre certeira. O que não tem nada a ver com caretice: são cervejas ousadas, extremas, criativas. São cervejas refrescantes, com o lúpulo bem marcante e com aromas deliciosos. A versão sem glúten garante uma experiência gustativa muito prazerosa, com sensações compensadoras a cada gole. Essa ótima cerveja sem glúten, é claro, está disponível para você na "No Freaking Gluten Beer"!

3º RS Sem Glúten

3º RS Sem Glúten

Vem aí o 3º RS Sem Glúten. É dia 13 de Dezembro, no Gasômetro. Não deixe de participar! 
A No Freaking Gluten Beer apoia este evento e a causa celíaca no Brasil e no Rio Grande do Sul!

 

No dia 13 de dezembro de 2015, será realizado na Usina do Gasômetro

em  Porto Alegre, 3º RS Sem Glúten.

Esse evento é gratuito e organizado pela Acelbra-RS (Associação dos Celíacos do RS).

Será um domingo especial com muita informação sobre saúde e a vida sem glúten. 

No mesmo local acontecerá uma feira de produtos sem glúten: 10h às 18h.

Vale a pena conferir!

Lake Side Beer desenvolve cerveja sem glúten American Pale Ale

O mundo das cervejas sem glúten continua se expandindo! Graças à Lake Side Beer, agora teremos a primeira American Pale Ale nacional! Em breve, esta novidade já estará disponível na No Freaking Gluten Beer.

Abaixo reproduzimos a reportagem da Revista Beer Art, que você pode acessar em: http://revistabeerart.com/news/2015/11/3/cerveja-way-apa-ganha-verso-sem-glten

Mais de 2 milhões de brasileiros têm doença celíaca, uma intolerância alimentar ao glúten. Além deles, muita gente em busca de uma dieta saudável está aderindo a produtos sem glúten. Pensando neste público especial, as cervejarias Lake Side Beer e Way Beer acabam de lançar a Way APA by Lake Side, cerveja nacional 100% sem glúten.

A Way APA by Lake Side é uma versão especial da premiada American Pale Ale da cervejaria paranaense Way Beer. A bebida faz parte de um projeto da gaúcha Lake Side de relançar cervejas reconhecidas em versões sem a proteína.

O mestre-cervejeiro da Lake Side Beer, Paulo Veit, explica:

“O objetivo é atrair também o público intolerante ao glúten para o amplo universo cervejeiro. Além disso, para os que já conhecem o rótulo, nossa cerveja tem a vantagem de não causar aquela sensação de estufamento.”

Com um método único de produção, a Way APA by Lake Side passou por um tratamento que, por meio de enzimas, garantiu a quebra das proteínas de glúten presentes nos grãos de malte da receita premiada. Para sua produção são usados a levedura American Ale, o malte caramelizado Crystal 60 e lúpulos críticos americanos Cascade, Citra e Amarillo. A água usada é tratada para garantir que realce as características de tais lúpulos e, para completar, é feita uma adição dos mesmos no final do processo de maturação – o Dry Hopping, que garante o acentuado aroma de lúpulo da bebida.

-proprietário da Way Beer, Alejandro Winocur destaca:

“Para a Way Beer é muito gratificante fazer parte desse projeto, pois estamos levando um pouco do nosso trabalho para um público que até então não podia consumir nossos produtos. A cerveja ficou muito fiel às características originais da nossa American Pale Ale, com o tradicional sabor maltado e cítrico, e com o amargor acentuado. O resultado foi surpreendente.”

Cervejas sem Glúten em Promoção!

Cervejas sem Glúten em Promoção!

A No Freaking Gluten Beer está fazendo uma série de super promoções para você curtir esta primavera saboreando as melhores cervejas sem glúten!

Na promoção Compre 3 e Leve 4, estamos oferecendo a Lake Side Beer Lager e Malzebier e a Estrela Daura Damn.

Na super promoção de Compre 1 e Leve 2, a Red e Blond da premiada família canadense Glutenberg.

Aproveite! A promoção é válida enquanto durarem os estoques.

Cervejas Sem Glúten na Coluna Bom Gourmet

O colunista e sommelier de cervejas Luis Celso Jr, responsável pelo blog Bar do Celso, mostra seis rótulos de cervejas para quem tem alergia ou intolerância à proteína do trigo e aponta para o crescimento do mercado de cervejas sem glúten, inclusive com a criação do primeiro E Commerce especializado, a No Freaking Gluten Beer. Confira a matéria no link:http://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/6-rotulos-cerveja-sem-gluten/.

Brasileiríssimas: Cervejas Sem Glúten verde-amarelo

O Brasil vem avançando a passos largos  na produção de cervejas sem glúten. Aos poucos, produtores vem ficando mais atentos ao crescente mercado gluten free e adaptando seus produtos para o público de celíacos, sensíveis ao glúten ou adeptos da dieta isenta da proteína. O país já conta com quatro cervejarias nacionais fabricando rótulos sem glúten.

A gaúcha Lake Side Beer foi a primeira cerveja sem glúten brasileira a ser produzida. A partir de um processo enzimático desenvolvido  e patenteado pela cervejaria, o glúten é degradado a níveis seguros aos celíacos (abaixo de 6 ppm - partes por milhão). A Lake  Side Lager é uma cerveja de sabor de malte pronunciado, ainda que suave, com teor alcoolico de 4,5%. Já a Malzebier é uma cerveja escura com característico dulçor e toques de chocolate e avelã.

Já a Tássila, da  cervejaria catarinense Saint Bier, é uma cerveja totalmente sem glúten, já que é produzida com  cereais naturalmente sem a proteína, como o trigo sarraceno. É uma cerveja Ale que segue o estilo Weizen, com baixo amargor e teor alcoolico, ideal para acompanhar queijos, amendoins e castanhas.

Do interior de São Paulo vem as outras duas cervejas sem glúten nacionais: a Cerveja Pilsen Tivva e a Cerveja Pilsen Germânia. A Cerveja Pilsen Tivva, fabricada em Sorocaba pela mesma empresa que produz outros produtos sem glúten, especialmente massas, é bastante leve e descompromissada. Já a Cerveja Pilsen Germânia tem um sabor mais maltado que a Tivva,  mas leva a proposta de leveza de outras Pilsens.

Dá pra se notar que o Brasil já tem boas opções de cervejas sem glúten, e todas elas você encontra na No Freaking Gluten Beer. Um Brinde!

 

 

 

Mercado Brasco: Produtos e Cervejas Sem  Glúten pertinho de você!

O Mercado  Brasco não é  um simples mercado. Em um ambiente acolhedor e amigável, o Mercado Brasco busca aproximar as pessoas da vizinhança e ser um ponto de encontro entre amigos. Com várias opções orgânicas e sem glúten, o Brasco sempre oferece produtos de ótima qualidade e fresquinhos.

Agora, com a parceria da No Freaking Gluten Beer, o Mercado Brasco do Viva Open Mall, na Nilo Peçanha 3228, também está oferecendo cervejas sem glúten! Você encontra as melhores cervejas da família canadense Glutenberg lá: Blond, IPA e APA.

Cerveja Sem Glúten em São Leopoldo

Cerveja Sem Glúten em  São Leopoldo

 Agora tem No Freaking Gluten Beer no Empório Uva Verde Nutrição e café, em São Leopoldo​. O Empório é a mais nova opção de alimentação saudável da cidade e os celíacos e sensíveis ao glúten encontrarão várias opções deliciosas de lanches e doces. E, é claro, várias opções de cervejas sem glúten. :)

No Freaking Gluten Beer em matéria da Revista Beer Art:  Cervejas Sem Glúten  ganham loja virtual

A No Freaking Gluten Beer vem chamando a atenção não só daqueles que precisam ou querem evitar o glúten,  mas também dos cervejeiros. A empresa  foi matéria em uma das principais revistas e blogs do cenário cervejeiro brasileiro.  Confira a matéria completa no link abaixo:

http://revistabeerart.com/news/2015/9/14/cervejas-sem-glten-ganham-loja-virtual

Evento com MOA Orgânicos: Pizza sem glúten e Degustação de Cervejas Sem Glúten

A No Freaking Gluten Beer está com uma super parceria com a MOA Orgânicos. No dia 05/09, a MOA promoverá um CURSO DE PIZZAS SEM GLÚTEN E VEGANAS e a No Freaking Gluten Beer fará uma harmonização especial com cervejas sem glúten e orgânicas. É uma ótima oportunidade de aprender todos  os passos para preparar as melhores pizzas e ainda experimentar várias cervejas sem glúten. ;)

 

Cerveja Sem Glúten na MOA Orgânicos

A No Freaking Gluten Beer tem nova parceria! 


Agora você pode fazer o seu pedido aqui no site e retirá-lo no MOA orgânicos, sem precisar pagar o frete.

Todas as sextas tem Open MOA a partir das 13hs30 e sábados das 10hs às 14hs na Rua José do Patrocinio 770 - Cidade Baixa. Sempre tem várias delícias sem glúten e sem lactose preparadas pelas meninas da MOA e, agora, muita cerveja sem glúten!

 

‪#‎NFGB‬ ‪#‎cervejasemgluten‬ ‪#‎moaorganicos‬

Cerveja Sem Glúten no Restaurante Buona Tavola

Agora o Restaurante Buona Tavola tem as melhores cervejas disponibilizadas pela No Freaking Gluten Beer!
O restaurante já é referência no Bairro Bom Fim para aqueles que procuram uma ótima comida caseira. E o melhor de tudo: oferecem várias opções de pratos sem glúten e sem lactose. A proprietária é celíaca (intolerante ao glúten), então há um cuidado muito grande para que não ocorra contaminação cruzada.
Nas sextas-feiras o Buona Tavola oferece um buffet especial de almoço totalmente SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE. Também abrem à noite de quinta à sábado, oferecendo os melhores pratos da culinária italiana e brasileira, e, claro, com várias opções gluten-free. E, agora, inclusive as cervejas!

Don´t freak out, it´s gluten free!

Os tipos de Cerveja Sem Glúten

Os tipos de Cerveja Sem Glúten

Para quem quer abdicar do glúten sem abrir mão de uma boa cerveja, ou para aqueles que querem degustar ótimas variedades de cerveja, vai aí algumas informações.

A maioria das cervejas são feitas com malte de cevada, mas também podem ser feitas a partir de outros grãos, como trigo, milho, centeio, aveia, arroz, sorgo e milho .

Existem dois tipos principais de cerveja sem glúten :

1) Cervejas Sem Glúten: Cervejas feitos com grãos sem glúten (trigo mourisco, sorgo, painço, quinoa, arroz, etc).

2) Cervejas com Glúten Reduzido: Cerveja feita a partir de grãos que têm glúten, como cevada ou trigo, mas cujo produto final é contém uma concentração abaixo de 20 ppm ou menos, o que é conseguido através de um processo químico enzimático. São consideradas seguras para os intolerantes e os sensíveis ao glúten.

Don't Freak Out. It's Gluten Free.

Fonte: Celiaco a los Treinta

Lake Side Beer: A Primeira Cerveja Gluten Free Brasileira

Lake Side Beer é a primeira cerveja sem glúten brasileira.
Feita em Passo Fundo - RS, a cerveja passa por um processo exclusivo de degradação do glúten que garante o sabor e o aroma das melhores cervejas maltadas. Com menos de 6 ppm (partículas por milhão) de glúten, ela é segura para celíacos e sensíveis ao glúten. 

Quer uma cerveja sem glúten com o verdadeiro gosto de uma Lager? Sem dúvida, a Lake Side é uma ótima pedida.

Não experimentou ainda? Aproveite a promoção de inauguração no nosso site!

Já experimentou? Então você sabe que é ótima! Já vamos ir separando o seu pedido. 

As Primeiras Encomendas já estão prontas!

As primeiras encomendas já estão prontas e sendo enviadas! Não perca a promoção de inauguração da No Freaking Gluten Beer, corra para o site e garanta a sua cervejada livre de glúten! ‪#‎NFGB‬ ‪#‎Glutenfree ‬‪#‎cervejasemgluten‬